Nike Mercurial Vapor XI BHM celebra mês da história negra

A Nike lançou hoje uma nova versão para sua chuteira Mercurial Vapor XI batizada de “BHM”, ou “Black History Month”, que celebra os atletas negros que superaram as dificuldades e o racismo presente no esporte para se tornarem lendas.

Nike Mercurial Vapor XI BHM

Nike Mercurial Vapor XI BHM celebra mês da história negra

A nova versão da consagrada chuteira da marca americana traz a cor preta como predominante no cabedal, com diversas linhas multi coloridas, representando diferentes culturas e comunidades se unindo.

O Swoosh tem a cor preta e apresenta contorno dourado, cor que pinta a logo do BHM no calcanhar e o Swoosh na língua. A sola é branca e tem os cravos na cor dourada.

Nike Mercurial Vapor XI BHM celebra mês da história negra

Na palmilha é escrito a palavra “Equality” (Igualdade), em conscientização contra o racismo.

Dani Alves - Mercurial Vapor XI -

A chuteira será utilizada por Boateng e Daniel Alves na próxima rodada da Ligue 1 Conforama e da Bundesliga. Anteriormente, a Nike já havia criado versões parecidas para a chuteira Mercurial Superfly IV, em 2015 e para a Magista Obra, em 2016, quando foi utilizada por Blaise Matuidi.

Nike Mercurial Vapor XI BHM celebra mês da história negra

A chuteira integra a coleção que faz parte da campanha EQUALITY, que tem como objetivo usar o poder do esporte para inspirar as pessoas a agirem em suas comunidades e promover o respeito que se vê dentro das quadras, também fora delas.

No Brasil, 24 pares estão à venda exclusivamente em nike.com por R$ 1.199,90.

O que achou da Nike Mercurial Vapor XI BHM, que homenageia o mês da história negra?